O mercado de segurança do trabalho em Santa Catarina

O mercado de segurança do trabalho em Santa Catarina

Descubra como está o mercado de segurança do trabalho em Santa Catarina e entenda se vale a pena investir em uma pós-graduação nessa área!

O mercado de segurança do trabalho em Santa Catarina, assim como em todo o Brasil, está em alta e deve crescer ainda mais em 2019. Uma das justificativas para isso é a retomada econômica do país após um longo período de crise.

Além disso, a partir de janeiro de 2019, por conta da nova legislação do e-Social, as empresas serão obrigadas a lançar informações sobre reconhecimento dos fatores de risco e monitoramento biológico.

Assim, a elaboração de documentos como o Laudo Técnico das Condições do Ambiente de Trabalho (LTCAT) e o Programa de Prevenção de Riscos Ambientais (PPRA) serão ainda mais importantes, abrindo vagas em Santa Catarina e em outros estados.

A seguir, explicaremos alguns tópicos importantes para quem deseja seguir carreira nessa área. Acompanhe!

Perspectivas do mercado de Segurança do Trabalho em Santa Catarina

Conforme explicamos, a exigência do e-Social e a retomada econômica fazem com que o mercado para profissionais da área da segurança do trabalho se expanda.

A área, que visa identificar, avaliar e controlar possíveis riscos aos quais os colaboradores são expostos, prevenindo acidentes e estimulando a saúde, é reconhecida e novas vagas devem surgir.

A preocupação das empresas em gerenciar os sistemas de saúde e de meio ambiente — seja por consciência própria ou para cumprir a legislação — é um dos principais fatores responsáveis por aumentar a demanda por esse tipo de profissional.

A alta no mercado de segurança do trabalho e meio ambiente também foi diagnosticada como uma das mais promissoras para os próximos anos pela empresa de recrutamento e seleção de executivos Michael Page, em uma reportagem feita pela revista Amanhã.

Remuneração média para esses profissionais no estado

De acordo com um levantamento feito pelo portal G1, no Brasil, o profissional formado em Engenharia e especializado em Segurança do Trabalho pode ter um salário que varia entre R$ 15 mil e R$ 20 mil.

Santa Catarina, assim como os demais estados brasileiros, oferece um excelente salário para quem trabalha nesse segmento. Em contrapartida, as exigências são muitas e apenas os profissionais muito bem preparados poderão ocupar os cargos mais altos.

É por esse motivo que buscar por uma formação completa em uma instituição de renome é tão importante para essas pessoas.

Formação necessária

A área de segurança do trabalho pode se desenvolver em vários níveis, como o técnico e o superior.

Os técnicos em segurança do trabalho são os responsáveis por desenvolver diversas funções operacionais nas organizações, como supervisionar os colaboradores para verificar se todos utilizam corretamente os Equipamentos de Proteção Individual (EPIs).

Profissionais de nível superior, com bacharelado ou tecnólogo na área de segurança do trabalho, bem como engenheiros que desejam atuar nesse segmento, também podem fazer cursos de pós-graduação.

Tendo uma especialização específica, o profissional deixa de executar funções muito operacionais e pode trabalhar de forma mais estratégica em sistemas de proteção dos colaboradores em todas as atividades laborais, no que se refere às questões pertinentes à segurança e à higiene nas empresas.

Como você pode perceber, o mercado de segurança do trabalho em Santa Catarina está em alta e obter qualificação nessa área é uma excelente alternativa para ascender profissionalmente.

Entre os cursos que podem ser realizados está a especialização em Engenharia de Segurança do Trabalho da Unisul, oferecida na modalidade presencial e com uma grade disciplinar voltada para atender às necessidades do mercado atual.

Além disso, a pós-graduação conta com um quadro de professores extremamente qualificado para repassar os conhecimentos mais recentes. Acesse o site do curso e saiba mais!

Originalmente publicado em: https://mercadoemfoco.unisul.br/o-mercado-de-seguranca-do-trabalho-em-santa-catarina/